Autor Tópico: Os Pecados do Meu Pai (2009)  (Lido 2048 vezes)

0 Membros e 2 Visitantes estão a ver este tópico.

nagol

  • br

  • Registo: 20 Ago, 2008
  • Membro: 1864
  • Mensagens: 3 639
  • Tópicos: 421

  • : 3
  • : 6

  • Foto da criadora do site Sci-Hub
Os Pecados do Meu Pai (2009)
« em: Terça, 24 de Maio, 2011 - 05h26 »
Pecados de mi padre ou Sins of My Father

Citação
O documentário vem elucidar alguns fatos marcantes ocorridos na Colômbia do poderoso chefão do narcotráfico de Medellín, Pablo Escobar entre as décadas de 80 e 90, contada pela primeira vez por seu próprio filho.
Legendado em :pt:

http://www.youtube.com/watch?v=ymJudo7g__0#
http://www.youtube.com/watch?v=LpKIEcsk5Vo#
Créditos desse canal no Youtube: http://www.youtube.com/user/m244986

Mais informações:
OS PECADOS DO MEU PAI começa narrando a história do chefe do Cartel de Medellín, Pablo Escobar, morto pela polícia colombiana em 1993. São exibidas fotos do arquivo da família (nunca reveladas até a realização do documentário), intercaladas com os relatos de seu filho e da esposa de Escobar, María Isabel Santos. Ambos revelam aspectos até então desconhecidos do chamado "capo narco". Sebastián, que tinha 16 anos quando Escobar foi morto, relembra a infância cercada de luxos propiciados por um pai carinhoso e protetor. O lado "obscuro" de Escobar passou a ser reconhecido pelo filho quando este tinha cerca de oito anos, por conta de notícias da época que atrelavam o nome de Escobar a uma série de crimes.

O documentário, porém, não se baseia apenas em lembranças. Vai além da obra biográfica e culmina em um acontecimento histórico para os envolvidos em dois dos crimes mais famosos perpretados por Escobar na década de 1980 na Colômbia. Trata-se do recente encontro entre Sebastián e os filhos de Rodrigo Lara Bonilla e Luis Carlos Galán, dois políticos de renome assassinados a mando de Escobar em 1984 e 1989, respectivamente. O documentário registra a cena em que Sebastián retorna à Colômbia pela primeira vez em 15 anos e, ao lado de Rodrigo Lara Jr., Carlos Galán, Juan Manuel Galán e Claudio Galán, pede perdão pelos atos de seu pai. Relata também as histórias dos dois políticos sob a perspectiva de seus próprios filhos. Quando foram assassinados, Lara era o Ministro da Justiça da Colômbia e Galán, promissor candidato à presidência. À época, ambos representavam a luta contra o narcoterrorismo e encabeçavam um processo de renovação política.

Finalmente, OS PECADOS DO MEU PAI traça a trajetória de Sebastián Marroquín desde a morte de Escobar e registra sua reflexão mais sábia: "Se quero viver, tenho que fazer exatamente o oposto do que fez meu pai".
« Última modificação: Terça, 24 de Maio, 2011 - 06h34 por nagol.dpa »
docsPT no Telegram https://t.me/docsPT

{Para quem não conhece, é tipo um grupo do Whatsapp, só que bem melhor e mais seguro. Pode ser usado com apelidos também. É um chat, sala de bate papo com os membros do fórum que quiserem participar e gostam de documentários}

Etiquetas: Político-Social