Autor Tópico: O Bem Comum e a Vida Privada (2003)  (Lido 796 vezes)

0 Membros e 1 visitante estão a ver este tópico.

pp1058

  • br

  • Registo: 23 Jun, 2011
  • Membro: 22299
  • Mensagens: 475
  • Tópicos: 236

  • : 0
  • : 0

O Bem Comum e a Vida Privada (2003)
« em: Sábado, 05 de Outubro, 2013 - 22h56 »
O bem comum e a vida privada



[imdb]

Citar
Nessa palestra, Newton Bignotto trata de um dilema que está plenamente ancorado no século XXI: o bem comum relacionado a uma ação política, ou seja, o desejo de fazer alguma coisa em prol do país e do meio em que vivemos. O outro lado, a vida privada e a tentação do refúgio contra o mundo, uma ação de inflexão em relação á intimidade. O Eu e o nós – como essa balança, durante grande parte da história, pendeu para lado do ‘nos’. Mas uma das marcas do século XXI é o individualismo como fruto da modernidade, e uma das peculiaridades do nosso tempo é a inversão desse paradigma, pendendo a balança para o pólo ‘Eu’. Para Newton Bignotto, esta balança determina a forma que nos portamos em sociedade e a constituição da identidade. Para elucidar esta questão, traz a tona idéias deixadas pelo filósofo René Descartes. Onde está a resposta para a existência?




"O que nós queremos, o que não gostamos, o que pensamos, o que sentimos: tudo é impermanente. As palavras de elogios ou críticas são impermanentes. Todas vêm e vão. Se entendermos isso, não vamos ficar tão desorientados com os dramas da vida cotidiana."
Chagdud Tulku Rinpoche