Autor Tópico: Lachsfieber (2010)  (Lido 823 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

ibbins

  • Moderadora
  • Ripper
  • br

  • Registo: 19 Ago, 2008
  • Membro: 1848
  • Mensagens: 16 148
  • Tópicos: 3 913

  • : 44
  • : 391

Lachsfieber (2010)
« em: Terça, 06 de Dezembro, 2016 - 15h37 »
Lachsfieber



[imdb]

Citação
Em foco, as práticas da aquicultura industrial da empresa Marine Harvest.

Marine Harvest é a maior preocupação mundial no que diz respeito a aquicultura. Produz mais de 100 milhões de salmão de viveiro por ano e fornece os consumidores na Europa, EUA e Japão. Mas a que preço?

Este império global é dirigido por John Fredriksen, um self-made man e um dos mais ricos do mundo. Na sua casa norueguesa, autodenomina-se de "Big Wolf"; "verde", "duradouro" e "transparente". Mas a realidade contradiz a filosofia da empresa, especialmente no Chile, onde Marine Harvest é de longe o maior produtor, com cerca de 70 viveiros de peixe. O Chile, com a sua legislação que deixa a desejar, é um paraíso para os investidores. Tudo o que é proibido aos produtores de salmão na Europa é permitido no Chile, tendo como resultado 18 meses depois, um salmão carregado de químicos. Em abril de 2008, para melhorar a imagem da aquicultura intensiva em larga escala, Marine Harvest firmou uma parceria com a WWF. Por um donativo de 100.000 euros por ano, Marine Harvest pode usar o panda do logótipo da WWF para fazer propaganda do seu salmão de viveiro produzido industrialmente. Totalmente suspeito ecologicamente, mas muito bem sucedido economicamente: após o colapso durante a crise financeira, as ações da companhia subiram 270 por cento no verão de 2009. John Fredriksen é o principal protagonista deste "eco-thriller" posicionado no mundo obscuro de um gigante alimentar global.


« Última modificação: Terça, 06 de Dezembro, 2016 - 15h39 por ibbins »
Como baixar do 1fichier sem problemas de ligação? Veja aqui

Etiquetas: Alimentação