Autor Tópico: "Afinal, o que Anéis de Poder vai adaptar da mitologia de O Senhor dos Anéis? "  (Lido 219 vezes)

0 Membros e 1 visitante estão a ver este tópico.

feliphex

  • Colaborador
  • Releaser
  • Postador de Legendas
  • br

  • Registo: 26 Fev, 2015
  • Membro: 49350
  • Mensagens: 1 712
  • Tópicos: 487

  • : 85
  • : 34

Notícia + Análise

Ler completo em:
https://www.geekhere.com.br/serie/afinal-o-que-aneis-de-poder-vai-adaptar-da-mitologia-de-o-senhor-dos-aneis/

(complementar: Tudo sobre a série de O Senhor dos Anéis da Amazon https://www.omelete.com.br/o-senhor-dos-aneis/o-senhor-dos-aneis-serie-tudo-o-que-sabemos)

basicamente a Amazon vai fazer o desfavor de adaptar uma parte da mitologia dos Senhor dos Anéis ... e eu vou fazer o que gosto bastante: recortar e colar um monte de coisa ... e quem entender um abraço ...



Senhor dos Anéis é uma religião cujos membros (incluindo eu) não são praticantes, não rezam para nenhum ator ou personagem e não passam vergonha com seus cosplays como os fãs do Harry Potter ou Star Wars ...


Porque não misturar os dois?

São religiosos que querem virar escritores, descobrir a cura do coronavírus ou fazer a lei escrita ser um pouco cumprida e diminuir ao menos 10% da corrupção ...

para a série os responsáveis dizem:

"Nós temos apenas os direitos de A Sociedade do Anel, As Duas Torres, O Retorno do Rei, os apêndices e O Hobbit. E é isso. Não temos os direitos de O Silmarillion, Contos Inacabados, A História da Terra-Média nem nenhum dos outros livros."

ou seja: não temos nada além do que já foi feito e não podemos nos suicidar refazendo algo que foi feito com brilhantismo, mesmo que tenhamos um grau elevado de idiotice ...

"Ou seja, se a preocupação dos fãs é a fidelidade ao material fonte, a família Tolkien está lá para limitar mudanças que alterem o cânone das obras — o que significa que, mesmo que a produção não possa adaptar o texto do Silmarillion, ela também não pode fazer nada que o altere — mas isso também quer dizer que essas exigências necessariamente obrigam o seriado a preencher as lacunas deixadas pelo autor."

ou seja vão contratar um roteirista viciado, e com sequelas de várias overdoses, em uma droga chamada "clichê" ... para escrever uma história totalmente original, com personagens novos, simplesmente para "preencher as lacunas deixadas pelo autor".

e a família do J.R.R. Tolkien autorizou alguém a escrever um novo livro original em nome do autor? e a família autorizou alguém a fazer qualquer coisa fora, do que o autor já fez? Aguardemos cenas dos próximos capítulos, pois a Amazon diz que nessas condições imundas, onde não tem dinheiro nem para pagar pelo que já existe ...  por aí viram 5 temporadas.

Bônus:

"Antes do surgimento dos homens, houve o grande mito de criação do mundo através da Canção dos Ainur — literalmente, os deuses tocando instrumentos e cantando e fazendo tudo existir. Um desses “deuses” é Melkor, ou Morgoth, e ele é bastante importante, porque é o maior vilão da história desse mundo e o chefe do Sauron. Depois disso, existe a Era das Lâmpadas: antes da criação do Sol, o mundo era iluminado por duas lâmpadas no alto de torres enormes. Essa Era acaba quando Melkor derruba as torres. Depois, existe a Era das Árvores, mais uma vez, duas árvores cuja luz ilumina o mundo antes do Sol. Mais uma vez, a Era acaba quando Melkor (e a aranha Ungoliant) derrubam as árvores, mas um pouco de sua luz é preservada e, com isso, são criados o Sol e a Lua. E surgem, assim, as Eras do Sol."

falaram em luz?



na escola aprendi que Os Lusíadas, se referia ao fato de Portugal mostrar que levou Luz para o mundo, nas navegações, referente ao iluminismo, mas não achei nenhuma referência no google sobre isso (uma pesquisa de 5 minutos, não estou dizendo que não exista a referência) ... agora não tenho como comprovar nada disso  ... mas deixo esses panos para mangas, para o futuro ... e para a cabeça criativa de cada um.

"Dizem que os Lusitanos são hábeis em armar emboscadas e descobrir pistas;
são ágeis, rápidos e de grande destreza." - Estrabão: Geografia 3.3.6

https://pt.wikipedia.org/wiki/Lusitanos

assinado: feliphex
"A vitória depende mais da vontade de se preparar do que da vontade de vencer!"

feliphex

  • Colaborador
  • Releaser
  • Postador de Legendas
  • br

  • Registo: 26 Fev, 2015
  • Membro: 49350
  • Mensagens: 1 712
  • Tópicos: 487

  • : 85
  • : 34

Re: "Afinal, o que Anéis de Poder vai adaptar da mitologia de O Senhor dos Anéis? "
« Resposta #1 em: Sexta, 01 de Abril, 2022 - 22h25 »
Estádio da Luz
https://pt.wikipedia.org/wiki/Est%C3%A1dio_da_Luz

"Foi denominado de Estádio da Luz por se localizar na paróquia histórica da "Luz" junto da Igreja de Nossa Senhora da Luz."

Igreja de Nossa Senhora da Luz
https://pt.wikipedia.org/wiki/Igreja_de_Nossa_Senhora_da_Luz_(Carnide)



Tocha olímpica: a tocha olímpica se baseia na mitologia grega do prometeu.
"Foi dada a Prometeu e a seu irmão Epimeteu a tarefa de criar os homens e todos os animais. Epimeteu encarregou-se da obra e Prometheus encarregou-se de supervisioná-la. Na obra, Epimeteu atribuiu a cada animal os dons variados de coragem, força, rapidez, sagacidade; asas a um, garras outro, uma carapaça protegendo um terceiro, etc. Porém, quando chegou a vez do homem, formou-o do barro. Mas como Epimeteu gastou todos os recursos nos outros animais, recorreu a seu irmão Prometeu. Este então roubou o fogo dos deuses e deu-o aos homens. Isto assegurou a superioridade dos homens sobre os outros animais."
https://pt.wikipedia.org/wiki/Prometeu#Hist%C3%B3ria
"A vitória depende mais da vontade de se preparar do que da vontade de vencer!"

feliphex

  • Colaborador
  • Releaser
  • Postador de Legendas
  • br

  • Registo: 26 Fev, 2015
  • Membro: 49350
  • Mensagens: 1 712
  • Tópicos: 487

  • : 85
  • : 34

Re: "Afinal, o que Anéis de Poder vai adaptar da mitologia de O Senhor dos Anéis? "
« Resposta #2 em: Domingo, 03 de Abril, 2022 - 21h01 »
"Eru Ilúvatar (Deus criador na mitologia do J. R. R. Tolkien, é também aquele que possui a Chama Imperecível, e é por isso que ele é o único capaz de criar a vida independente. Todas as criaturas criadas indiretamente por Eru, como os Anões, têm de ser abençoadas por Eru com a Chama Imperecível, para que não sejam meros títeres de seu criador. Melkor o mais poderoso dos Ainur, mas que, querendo o poder de deus, se rebelou tornando-se o primeiro Senhor do Escuro do mundo, desejava a Chama Imperecível e procurou muito tempo por ela, em vão, pois a Chama está dentro de Eru Ilúvatar. O que Melkor pôde então fazer foi deturpar as criaturas já vivas (Orsc e etc)"

https://pt.wikipedia.org/wiki/Eru_Il%C3%BAvatar

Em uma certa carta verídica Tolkien disse que queria fazer algo baseado nas mitologias da Europa e dedicar ao seu país Inglaterra (mais ou menos isso) ... mas tudo para mim se perde em um emaranhado de coisas, mas se acha exatamente em trazer mitologias desconhecidas (o problema é misturar tudo), e a origem dos magos? o grande mago inglês: Mago Merlim, não poderia ser um ser espiritualmente igualado a Deus, teria que ser um humano normal que estudou, se esforçou e alcançou seu alto nível ... mas é a opção celestial que Tolkien parece querer com seu livro póstumo O Silmarillion.

A origem dos magos (Gandalf) da Terra-Média: "eles eram "Ainur inferiores", os Ainur são uma raça de espíritos imortais, seu nome é traduzido do quenya como os Sagrados." https://pt.wikipedia.org/wiki/Ainur_(Tolkien)

(o mito de prometeu parece luso-brasileiro: um português criou tudo e esqueceu do homem ... e o brasileiro com seu jeitinho de "ladrão-amigo" rouba o fogo ... será?  :tth:)
« Última modificação: Domingo, 03 de Abril, 2022 - 21h04 por feliphex »
"A vitória depende mais da vontade de se preparar do que da vontade de vencer!"

Web-Man

  • Administrador
  • pt

  • Registo: 17 Dez, 2007
  • Membro: 329
  • Mensagens: 2 886
  • Tópicos: 599

  • : 4
  • : 33

  • Portugal
    • DocsPT
Re: "Afinal, o que Anéis de Poder vai adaptar da mitologia de O Senhor dos Anéis? "
« Resposta #3 em: Domingo, 03 de Abril, 2022 - 22h31 »
O próprio facto de ser a família de Tolkien a limitar, já por si torna-se numa falácia pensar que vai estar de acordo com o autor ou ideologia.
Só as próprias obras escritas pelo autor podem ser vistas à luz do seu pensamento. E mesmo assim, é necessário ressalvas como por exemplo nas traduções.

Vai existir desvios. Quer seja em filmes, séries, obras adaptadas como as banda desenhadas, jogos, etc.
Exploração comercial é mesmo assim e até no mundo dos documentários isso existe, e muito.





feliphex

  • Colaborador
  • Releaser
  • Postador de Legendas
  • br

  • Registo: 26 Fev, 2015
  • Membro: 49350
  • Mensagens: 1 712
  • Tópicos: 487

  • : 85
  • : 34

Re: "Afinal, o que Anéis de Poder vai adaptar da mitologia de O Senhor dos Anéis? "
« Resposta #4 em: Sábado, 16 de Abril, 2022 - 19h15 »
Fogo Sagrado

"é descrito pelos cristãos ortodoxos como um milagre que ocorre todos os anos na Igreja do Santo Sepulcro em Jerusalém, no Grande Sábado - ou Sábado Santo, o dia que antecede a Páscoa na Igreja Ortodoxa." (...) "o Fogo Sagrado também é levado diretamente para vários desses países anualmente por meio de voos especiais e é recebido com honras pelos governantes."

https://pt.wikipedia.org/wiki/Fogo_Sagrado (quem gosta de alquimia recomendo ler tudo)

"A vitória depende mais da vontade de se preparar do que da vontade de vencer!"

feliphex

  • Colaborador
  • Releaser
  • Postador de Legendas
  • br

  • Registo: 26 Fev, 2015
  • Membro: 49350
  • Mensagens: 1 712
  • Tópicos: 487

  • : 85
  • : 34

Re: "Afinal, o que Anéis de Poder vai adaptar da mitologia de O Senhor dos Anéis? "
« Resposta #5 em: Sábado, 07 de Maio, 2022 - 20h26 »
O próprio facto de ser a família de Tolkien a limitar, já por si torna-se numa falácia pensar que vai estar de acordo com o autor ou ideologia.
Só as próprias obras escritas pelo autor podem ser vistas à luz do seu pensamento. E mesmo assim, é necessário ressalvas como por exemplo nas traduções.

Vai existir desvios. Quer seja em filmes, séries, obras adaptadas como as banda desenhadas, jogos, etc.
Exploração comercial é mesmo assim e até no mundo dos documentários isso existe, e muito.

e veja só esse mistério de quais são as 2 torres de fato, no O Senhor dos Anéis: As Duas Torres. Quando nem o próprio autor define com satisfação sobre o assunto, nesse caso é preciso alguém muito confiável e totalmente autorizado para até costurar os retalhos que o autor deixou, e lógico alguém também pesquisador de mitologias.

neste link fãs de verdade debatem lindamente sobre o assunto:
https://www.valinor.com.br/forum/topico/quais-sao-as-duas-torres.90170/

tiro algumas coisas do link:

"Tolkien, a contragosto, teve de pensar em três subtítulos para cada um dos três volumes de SdA, sendo o segundo volume o mais complicado.

Baseei-me nesses trechos de duas cartas de Tolkien que havia lido já faz muito tempo:

Carta 140, p.165
“As Duas Torres chega o mais próximo possível da invenção de um título que abranja os amplamente divergentes Livros 3 e 4; e pode ser deixado ambíguo – pode referir-se a Isengard e Barad-dûr, ou a Minas Tirith e B; ou Isengard e Cirith Ungol.”

Carta 143, p.168
“Não estou nem um pouco contente com o título “as Duas Torres”. Caso haja alguma referência real a ele no Vol. II, deve referir-se à Orthanc e à Torre de Cirith Ungol. Mas visto que há muita coisa feita da oposição básica entre a Torre Escura e Minas Tirith, isso parece muito equivocado.”

Portanto, apesar de aparecer ao fim do Vol. I como as Duas Torres sendo Orthanc e Minas Morgul, (como bem lembraram Tour e Célio Meneldur) nem o próprio Tolkien conseguia estabelecer uma relação entre duas torres e que estivesse a seu contento."

outra coisa:

"Gostaria inclusive de acrescentar o que está escrito no Thain's Book, um lugar que trata de descrições e é bastante confiável, sobre Minas Morgul (uma das 2 torres):

""Era uma cidade murada de mármore branco construída sobre uma alta plataforma de rocha. Dentro das muralhas havia casas brancas e uma torre alta.""

""Minas Ithil (antigo nome de Minas Morgul) era uma bela cidade e suas muralhas brilhavam prateadas e brancas com o luar.""

Com o luar, ela brilhava em branco e prata."

Silves em Portugal mantém suas fortificações no Castelo de Silves, e vi no History (História) que muito antigamente era um local de grande mineração (Minas) de prata, não achei na wikipedia nem no google (de forma fácil) nada sobre isso.

mas Peter Daughtrey publicou



sobre a teoria de Atlântida e Silves e seja o que papai do céu quiser ...
"A vitória depende mais da vontade de se preparar do que da vontade de vencer!"

feliphex

  • Colaborador
  • Releaser
  • Postador de Legendas
  • br

  • Registo: 26 Fev, 2015
  • Membro: 49350
  • Mensagens: 1 712
  • Tópicos: 487

  • : 85
  • : 34

Re: "Afinal, o que Anéis de Poder vai adaptar da mitologia de O Senhor dos Anéis? "
« Resposta #6 em: Segunda, 16 de Maio, 2022 - 21h39 »
E chegamos na estátua da liberdade ... (essa é para arrepiar até o cabelo do dedo do pé)



Aviso: a teoria da explicação da estátua da liberdade que vou focar é umas das várias (entre maçonaria e etc) para saber a teoria predominante basta ir na wikipedia:
 
https://pt.wikipedia.org/wiki/Est%C3%A1tua_da_Liberdade

A Estátua da Liberdade em Milão (que inspirou a de Nova York)

04/06/2019



"Salve! Todo mundo sabe que a Estátua da Liberdade é o símbolo de Nova York, mas talvez não muitos pessoas saibam que na fachada do Duomo de Milão é esculpida uma Estátua da Liberdade, que provavelmente é também sua versão original. Como assim? Te explicamos agora!

Ela está localizada no lado esquerdo da varanda, mais precisamente acima da porta central da Catedral, que remonta a 1810 e foi construído por Camillo Pacetti, que lhe deu o nome “La Legge Nuova” (a nova lei).

As semelhanças entre a Estátua da Liberdade de Milão e a americana são muitas e, por essa razão, muitos acreditam que Frederic Auguste Bartholdi foi inspirado em “A Nova Lei”, criada por Pacetti na era napoleônica, para a criação da Estátua da Liberdade que todos nós podemos admirar hoje em Nova York.

As analogias são muitas: primeiro, ambas as estátuas seguram uma tocha na mão direita, assim como tem uma coroa. A Estátua da Liberdade em Nova York também carrega a tabula ansata (uma tabuleta que evoca uma lei), que está presente na estátua ao lado da chamada “Nova Lei”.

Essa outra estátua é intitulada “A Velha Lei”. O mais extraordinário é que, se você olhar de perto para elas, verá como a combinação dos detalhes dessas duas estátuas reproduz exatamente a Estátua da Liberdade em Nova York.

Muitos falaram de “plágio”, mas, a esse respeito, todos apresentam suas próprias teorias diferentes. Deve-se enfatizar, no entanto, que “A Nova Lei” foi construída 70 anos antes da que se tornou o símbolo de Nova York.

Todo mundo naturalmente tem sua palavra: os franceses dizem que a inspiração veio do Colosso de Rodes (aham), enquanto alguns textos ingleses falam de San Carlone di Arona. Em vez disso, os toscanos reiteram que a fonte é a Estátua da Liberdade da Poesia, localizada no monumento funerário de Giovanni Battista Niccolini, na bela Basílica de Santa Croce, na capital toscana de Florença, criada pelo mestre Pio Fedi.

Entre todas essas teorias, em nossa opinião, a referência à obra de Camillo Pacetti, que também dirigiu a decoração do Arco della Pace em Milão, é a mais provável, ainda que Bartholdi tenha sido simplesmente inspirado por mais de uma estátua. Bom, cada um dos trabalhos citados tem grande valor artístico e cultural e merece uma visita. Até a próxima!"

https://www.descubramilao.it/estatua-da-liberdade/

A poeta Emma Lazarus descendente dos judeus sefaraditas portugueses egressos do Recife quando da Insurreição Pernambucana (expulsão dos holandeses do Brasil), cujas famílias se estabeleceram em Nova Iorque, foi responsável por fazer um soneto escrito em 1883, que foi gravado em 1912 numa placa de bronze no pedestal da Estátua da Liberdade.

https://pt.wikipedia.org/wiki/Emma_Lazarus

"O Novo Colosso
Não como o gigante bronzeado de grega fama,
Com pernas abertas e conquistadoras a abarcar a terra
Aqui nos nossos portões banhados pelo mar e dourados pelo sol, se erguerá
Uma mulher poderosa, com uma tocha cuja chama
É o relâmpago aprisionado e seu nome
Mãe dos Exílios. Do farol de sua mão
Brilha um acolhedor abraço universal; Os seus suaves olhos
Comandam o porto unido por pontes que enquadram cidades gémeas.
"Mantenham antigas terras sua pompa histórica!" grita ela
Com lábios silenciosos "Dai-me os seus fatigados, os seus pobres,
As suas massas encurraladas ansiosas por respirar liberdade
O miserável refugo das suas costas apinhadas.
Mandai-me os sem abrigo, os arremessados pelas tempestades,
Pois eu ergo o meu farol junto ao portal dourado."

Emma Lazarus, 1883"

se eu não engano tem uma cena no filme Constantine que ele usa o poder de uma santa para iluminar uma rua escura ... mas mesmo na dúvida isso é um ensinamento católico bem difundido ...

Achei essa imagem de Santa Luzia na Itália, com uma coroa e algo como uma tocha, a coroa pode ter sido retirada por representar monarquia ...



existe essa outra imagem antiga dela, que mostra a mesma coisa:



"Luzia ou Lúcia em latim, que compartilha a raiz luc com a palavra latina para luz, lux e, por extensão, com visão. Devido a esta ligação, muitas vezes ela é representada com uma tocha ou uma lâmpada acesa, como nesta pintura em painel do século XIII, hoje no Musée de Grenoble. Lúcia aparece aqui ricamente vestida como uma imperatriz bizantina, usando uma coroa com jóias preciosas e pêndulos de pérolas, e segura uma lâmpada acesa na mão direita. Ela é ladeada por dois anjos alados balançando incensários, emergindo de cima. Em primeiro plano, à esquerda, a doadora, Angila Cerroni, velada, ajoelha-se com as mãos unidas levantadas em oração." (copiado de fonte em inglês)

Uma tradição na Suécia é assim:

"Uma tradição na Suécia de a filha de uma família acordar cedo e, vestida de branco para simbolizar a virgem Lúcia e usando uma coroa de velas acesas, traz o café da manhã (geralmente pãezinhos ou biscoitos) para seus pais e outros membros da família. Lembre-se que estamos entre os dias mais curtos do ano, e as manhãs na Escandinávia são escuras. (copiado de fonte em inglês)



Falta saber por que Emma Lazarus fala sobre "Mãe dos Exílios", mas isso deve ter relação com sua origem judáica ... ou seja cenas para os próximos capítulo ...

Bônus:
Avenida da Liberdade (Lisboa)

https://pt.wikipedia.org/wiki/Avenida_da_Liberdade_(Lisboa)

vi em um lugar que é Liberdade devido a reconquista do país ante a Espanha mas sinceramente perdi o link ...  :tth: se alguém tiver uma teoria melhor do por que se chamar Avenida da Liberdade nos agracie com ela ...

receba ...
"A vitória depende mais da vontade de se preparar do que da vontade de vencer!"

feliphex

  • Colaborador
  • Releaser
  • Postador de Legendas
  • br

  • Registo: 26 Fev, 2015
  • Membro: 49350
  • Mensagens: 1 712
  • Tópicos: 487

  • : 85
  • : 34

Re: "Afinal, o que Anéis de Poder vai adaptar da mitologia de O Senhor dos Anéis? "
« Resposta #7 em: Sábado, 28 de Maio, 2022 - 18h34 »
Procissão das Velas - Nossa Senhora de Fátima

vi no youtube a procissão direto do Santuário de Fátima em Portugal, e o responsável pela celebração (bispo ou etc) acende uma vela no altar e todos os outros vão acendendo a sua através das que foram acesas depois dessa.



em Belém, Capital do Estado do Pará, Brasil, a Procissão das Velas reuniu 300 mil devotos em 2022:

Procissão das Velas: fiéis lotam santuário em devoção a Nossa Senhora de Fátima
A manifestação de fé reuniu cerca de 300 mil devotos após dois anos suspensa devido à pandemia da covid-19
https://www.oliberal.com/belem/procissao-das-velas-fieis-lotam-praca-santuario-em-devocao-a-nossa-senhora-de-fatima-1.534348



Paróquia Nossa Senhora de Fátima - Belém/Pará




em Belém do Pará ocorre o Círio de Nazaré, considerada uma das maiores procissões do mundo.

"O Círio de Nazaré é uma procissão católica que acontece todos os anos em Belém do Pará, no Norte do Brasil, no segundo domingo de outubro."

« Última modificação: Sábado, 28 de Maio, 2022 - 18h40 por feliphex »
"A vitória depende mais da vontade de se preparar do que da vontade de vencer!"