Autor Tópico: O Cinema de Ingmar Bergman (2012)  (Lido 912 vezes)

0 Membros e 1 visitante estão a ver este tópico.

pp1058

  • br

  • Registo: 23 Jun, 2011
  • Membro: 22299
  • Mensagens: 475
  • Tópicos: 236

  • : 0
  • : 0

O Cinema de Ingmar Bergman (2012)
« em: Terça, 08 de Outubro, 2013 - 21h02 »
O Cinema de Ingmar Bergman



[imdb]

Citar
Sergio Rizzo, jornalista e professor da Faap e Casa do Saber, ministrou em junho, no CCBB, curso sobre a trajetória de Ingmar Bergman, examinando como sua obra aborda temas recorrentes que compõem uma amostra das angústias e desejos do ser humano.

Aula 1
O período de formação no teatro e no cinema, nos anos 1940, o aprendizado como roteirista e diretor no domínio industrial (no estúdio Svensk Filmindustri, um dos principais da Europa) e os primeiros êxitos internacionais ("Noites de circo", "Sorrisos de uma noite de amor").

Aula 2
A consagração, nos anos 1950 e 1960, como um dos principais expoentes do cinema de expressão autoral em todo o mundo, explorando a angústia da existência, a identidade e a incomunicabilidade, a morte e o silêncio de Deus ("O sétimo selo", "Morangos silvestres", "Através de um espelho", "Persona").

Aula 3
A maturidade exercida, nos anos 1970, tanto no cinema quanto na televisão ("Gritos e sussurros", "Cenas de um casamento", "Sonata de outono", "Face a Face", "O ovo da serpente"). A aposentadoria anunciada ("Fanny e Alexander"), no início dos anos 1980, mais tarde "traída" por projetos que o mantiveram em atividade ("Depois do ensaio", "As Melhores intenções", "Infiel", "Saraband").








Não é um link válido %s
"O que nós queremos, o que não gostamos, o que pensamos, o que sentimos: tudo é impermanente. As palavras de elogios ou críticas são impermanentes. Todas vêm e vão. Se entendermos isso, não vamos ficar tão desorientados com os dramas da vida cotidiana."
Chagdud Tulku Rinpoche