Autor Tópico: Terra (2015)  (Lido 80 vezes)

0 Membros e 1 visitante estão a ver este tópico.

feliphex

  • Colaborador
  • Releaser
  • Postador de Legendas
  • br

  • Registo: 26 Fev, 2015
  • Membro: 49350
  • Mensagens: 2 001
  • Tópicos: 592

  • : 90
  • : 44

Terra (2015)
« em: Sexta, 18 de Novembro, 2022 - 22h25 »
Terra



[imdb]

Citar
Em sua essência, Terra olha para a história natural da humanidade e para nossa existência na Terra. O filme revive a única jornada de uma espécie que, entre milhões de outras, evoluiu e emergiu das muitas fases de crescimento do nosso planeta. À medida que avança, assistimos a uma série de características notáveis e individuais de certas formas de vida.

Entretanto, conforme a narração continua – subjetivamente como a humanidade – ele vai gradualmente mudando de sua história natural e começa a mostrar como a nossa espécie respeita e representa o mundo. Como o homem se torna consciente do mundo em volta dele, e como esta visão evoluiu ao longo de milhares de anos para o estado atual de inconsciência?

Como nós agora desejamos interagir com outras espécies que vivem ao nosso redor? O poder de Terra está nesta questão específica. Este documentário irá mostrar como a nossa própria imagem e representação da natureza sempre foram decisivas na história da humanidade e como ela ainda pode mudar o rumo dos eventos que estão por vir.


Versão em Francês

Áudio: :fr:
Legenda: :ru: (embutida)
              :br: aqui para o download dessa versão online




Versão em Português (BR)

Áudio: :br:

« Última modificação: Sábado, 19 de Novembro, 2022 - 15h35 por feliphex »
"Pouco com Deus é muito, muito sem Deus é nada!"

feliphex

  • Colaborador
  • Releaser
  • Postador de Legendas
  • br

  • Registo: 26 Fev, 2015
  • Membro: 49350
  • Mensagens: 2 001
  • Tópicos: 592

  • : 90
  • : 44

Re: Terra (2015)
« Resposta #1 em: Sábado, 19 de Novembro, 2022 - 15h37 »
adicionei versão dublada em português :br:

como eu desconfiava, 209 mil pessoas já viram e só eu descobri o doc agora!  :tth:
"Pouco com Deus é muito, muito sem Deus é nada!"

Etiquetas: