Autor Tópico: uTorrent, Torrents, Magnetic Links - Pequeno tutorial  (Lido 14952 vezes)

0 Membros e 1 visitante estão a ver este tópico.

sdmarcial

  • br

  • Registo: 24 Mai, 2012
  • Membro: 30067
  • Mensagens: 60
  • Tópicos: 5

  • : 0
  • : 0

uTorrent, Torrents, Magnetic Links - Pequeno tutorial
« em: Domingo, 10 de Junho, 2012 - 02h15 »
Há muitos, e bons, tutoriais na Internet sobre esse assunto mas, por conta das dúvidas colocadas no tópico do Fraga com um tutorial para o eMule, estou postando um modesto tutorial para este outro sistema.

Abrindo o uTorrent, na barra de comando, clique em Opções e, no menu que aparece, clique em Preferências.  Na janela que se abre, siga:

Geral:
Trocar idioma se necessário
Marcar "Verificar associação ao iniciar"
Novatos: o restante no padrão

Interface UI:
Sugiro marcar a caixa "não iniciar o download automaticamente". Isso faz com que o arquivo vá para a fila e fique parado, sem começar o download, até que você o selecione e comande "Iniciar". Isso dá mais controle sobre o que está acontecendo com seus downloads, principalmente com os originados por magnetic links.
Novatos: deixar o restante no padrão

Diretórios:
Novatos: deixar tudo desmarcado

Conexão:
Novatos: deixar no padrão

Controle de banda:
Taxa de upload máximo: colocar algo como 0,06% da velocidade contratada com seu provedor de Internet (1 MBps = 8192 kBps)
Para facilitar esse cálculo, faça diretamente: velocidade em MB x 4,9 (já dará o valor em kB/s)
Marcar a caixa "Taxa de upload máximo quando não houver download" e preencher com um valor aproximadamente 6 vezes o máximo calculado acima
Novatos: deixar o restante no padrão

BitTorrent:
Criptografia de protocolo: Ativado e marcar "permitir conexões legadas"

Capacidade de transferência:
Novatos: deixar no padrão

Fila:
Número máximo de torrents ativos: depende da largura da banda; sugiro 2 para cada MB de velocidade
Número máximo de downloads ativos: depende. Digamos que você já sabe que, com um torrent muito popular, com muitos seeds e peers, você baixa arquivos a 100 kBps. Em uma ocasião qualquer, um arquivo está sendo baixado, mas a velocidade é de 40 kBps; você tem 60 de sobra e, se tiver um outro arquivo para baixar, pode colocar o máximo de downloads ativos como 2, e assim por diante. Em outra situação, um arquivo está sendo baixado já usando toda a velocidade possível para o seu sistema; se a configuração de nº máximo de downloads for maior que 1, todos os downloads colocados na fila começarão a ser baixados, dividindo a sua velocidade máxima por todos eles. Fica, então, a critério do usuário escolher essa configuração dependendo se ele tem maior ou menor pressa em baixar determinado(s) arquivo(s).
Novatos: deixar o restante no padrão.


Todas as outras configurações seguintes em "Preferências":
Novatos: deixar no padrão


Mais algumas sugestões:

Sempre abrir uma pasta em um local de sua preferência para fazer os downloads dos arquivos. Identifique essas pastas para facilitar a localização e manter tudo organizado. Comece baixando o próprio arquivo de torrent para a pasta criada para esse download; muitos arquivos torrent não tem qualquer identificação do nome do arquivo a ser baixado, somente um monte de números e letras, e isso pode atrapalhar quem não mantém um esquema organizado. Depois de baixado, clique no arquivo de Torrent (1 ou 2 cliques, como ao abrir um programa); o programa de Torrent irá abrir (se ainda não estiver ativo), e uma janela de escolhas para esse download irá aparecer. NÃO DÊ OK DIRETO; em qualquer programa de torrent você irá encontrar um botão que permitirá abrir as pastas de seu computador para que você navegue até a pasta que você irá escolher para o download; aí, então, dê Ok, e o arquivo aparecerá na lista. Isso ocorrerá dessa maneira se você tiver seguido a instrução acima de não configurar qualquer diretório para qualquer tarefa em "Diretórios". Além do botão para navegar pelas pastas, você também poderá ver outras informações sobre o que está sendo baixado, e até escolher partes a serem baixadas ou não. Por exemplo, digamos que você baixou um torrent para uma coletânea de livros de domínio público, com muitos autores, muitos livros. No campo destinado aos arquivos descarregáveis nessa janela, você pode desmarcar as caixas dos livros/autores que não deseja baixar. Você também pode escolher algo para não baixar mesmo depois de adicionar o arquivo na fila, mas aí é outra conversa.

Li a observação de um usuário sobre o uTorrent não aceitar alguns torrents. O uTorrent aceita qualquer torrent; se ele não aceitá-lo será porque o torrent está corrompido, e nenhum outro programa o aceitaria.

Usando os magnetic links:
Não há nenhum segredo; de fato, é até mais fácil do que usar arquivos de torrent. Você está numa página com um magnetic link para o arquivo que você deseja baixar; clique nele e o processo pula a fase de baixar um arquivo de torrent para o seu computador e ter que clicar nele para adicioná-lo ao seu programa de Torrent. Ao clicar nesses magnetic links, o usuário vai direto para a janela onde o usuário escolhe o local de download, conforme descrevi acima no procedimento tradicional com arquivos de torrent. Outra diferença é de que, ao abrir a tal janela onde você poderá escolher o local de download do arquivo, não aparecerão todas aquelas informações que se apresentam quando um torrent tradicional é usado. Mas, de resto, dá na mesma, e você pode escolher o local de download do mesmo jeito, o que é o mais importante. As informações sobre o arquivo aparecerão assim que seu programa se comunicar com as outras máquinas da rede que têm o arquivo que você está baixando.

Explicando o que é e porque os magnetic links estão vindo cada vez mais.
Os Magnetic Links fazem parte de uma tecnologia muito interessante e substituem o arquivos com extensão torrent. Os Magnetic Links funcionam de uma forma diferente do arquivo Torrent. Eles contém um identificador único para o arquivo que você quer baixar (para garantir que você obtenha o conteúdo correto) e permite que você se conecte diretamente com os outros usuários que têm esse arquivo, sem precisar usar um Tracker (um servidor que conecta os usuários interessados em um arquivo). Sites de torrent que usam magnetic links não participam da troca de arquivos entre os usuários, tentando evitar as possibilidades de processos legais envolvendo direitos autorais. Além disso, um site que usa magnetic links ocupa muito menos espaço em disco com esse serviço; a diferença, na verdade, é enorme. Isso, inclusive, vai ensejar a criação de vários mirrors (cópias na Internet) desses sites, já que o sistema pode ser muito mais modesto e barato. Tudo isso é possível pela utilização das redes DHT e PEX, que são descentralizadas para a localização dos usuários (peers) que estão compartilhando os arquivos que você está baixando.

É isso aí; a não ser que haja alguma coisa errada nesse meu texto, está tudo certo. Há bastante material informativo bom pela Internet para quem deseje dominar melhor o programa. Mas é bom lembrar que vários países estão abrindo as baterias também para os sistemas p2p, como o The Pirate Bay em UK.
« Última modificação: Domingo, 10 de Junho, 2012 - 02h32 por sdmarcial »

ibbins

  • Moderadora
  • Ripper
  • br

  • Registo: 19 Ago, 2008
  • Membro: 1848
  • Mensagens: 17 289
  • Tópicos: 4 285

  • : 68
  • : 599

Re: uTorrent, Torrents, Magnetic Links - Pequeno tutorial
« Resposta #1 em: Domingo, 10 de Junho, 2012 - 02h52 »
Obrigada, sdmarcial! É sempre bom ver os nossos usuários partilhando e disseminando informação.  :hat:

É isso aí; a não ser que haja alguma coisa errada nesse meu texto, está tudo certo.
:lol: :lol: :lol:
:eye:  À informação que acumulamos chamamos de CONHECIMENTO. Ao CONHECIMENTO compartilhado, de SABEDORIA." Alan Basilio



Converta links antigos 1fichier

peterrj

  • br

  • Registo: 07 Abr, 2012
  • Membro: 29061
  • Mensagens: 1
  • Tópicos: 0

  • : 0
  • : 0

Re: uTorrent, Torrents, Magnetic Links - Pequeno tutorial
« Resposta #2 em: Domingo, 02 de Agosto, 2020 - 16h36 »
Obrigado! Importantes essas observações.

TheJPL

  • Releaser
  • Doador
  • pt

  • Registo: 15 Out, 2007
  • Membro: 18
  • Mensagens: 553
  • Tópicos: 298

  • : 1
  • : 13

Re: uTorrent, Torrents, Magnetic Links - Pequeno tutorial
« Resposta #3 em: Quinta, 03 de Junho, 2021 - 21h46 »
Só uma pergunta, fora do contexto do docspt, se eu quiser partilhar um torrent onde é que posso fazer upload to torrent?
Já tentei no thepiratebay mas não consigo.
TheJPL
O JPL voltou...
Qualquer link ou imagem com problemas, por favor digam no tópico respectivo.

Web-Man

  • Administrador
  • pt

  • Registo: 17 Dez, 2007
  • Membro: 329
  • Mensagens: 1 920
  • Tópicos: 305

  • : 3
  • : 17

  • Portugal
    • DocsPT
Re: uTorrent, Torrents, Magnetic Links - Pequeno tutorial
« Resposta #4 em: Domingo, 06 de Junho, 2021 - 17h37 »
Só uma pergunta, fora do contexto do docspt, se eu quiser partilhar um torrent onde é que posso fazer upload to torrent?
Já tentei no thepiratebay mas não consigo.

Por motivos de segurança os trackers começaram a proibir o upload anónimo nos que possuem indexers abertos.
Podes criar um torrent usando um endereço de tracker udp aberto, como o opentrackr.org
Depois basta partilhares o ficheiro .torrent da forma que quiseres (filehost, email, etc) ou partilhar o link magnet

TheJPL

  • Releaser
  • Doador
  • pt

  • Registo: 15 Out, 2007
  • Membro: 18
  • Mensagens: 553
  • Tópicos: 298

  • : 1
  • : 13

Re: uTorrent, Torrents, Magnetic Links - Pequeno tutorial
« Resposta #5 em: Domingo, 06 de Junho, 2021 - 18h19 »
Por motivos de segurança os trackers começaram a proibir o upload anónimo nos que possuem indexers abertos.
Podes criar um torrent usando um endereço de tracker udp aberto, como o opentrackr.org
Depois basta partilhares o ficheiro .torrent da forma que quiseres (filehost, email, etc) ou partilhar o link magnet
Portanto não dá para disponibilizar e a malta chegar lá por pesquisas, tenho partilhar .torrent ou magnetic link, é isso?
Lembro-me que no tempo do emule não era assim.
A malta já sabia que eu ia ripar determinada coisa (p.ex.: Gato Fedorento) e poucos minutos depois de eu meter em partilha e sem publicar nada, começavam logo a sacar de mim.
TheJPL
O JPL voltou...
Qualquer link ou imagem com problemas, por favor digam no tópico respectivo.

Web-Man

  • Administrador
  • pt

  • Registo: 17 Dez, 2007
  • Membro: 329
  • Mensagens: 1 920
  • Tópicos: 305

  • : 3
  • : 17

  • Portugal
    • DocsPT
Re: uTorrent, Torrents, Magnetic Links - Pequeno tutorial
« Resposta #6 em: Domingo, 06 de Junho, 2021 - 18h37 »
Citar
malta chegar lá por pesquisas,

Depende de onde estejas a falar.
No tempo do emule era diferente. Apesar de existirem vários servidores eDonkey e mais tarde o KAD, usavas sempre o mesmo link para partilhar. Só encontravam o ficheiro se tivessem ligado ao mesmo servidor que tu estavas, ou através do KAD.

Essa partilha imediata pública hoje em dia é perigosa em todos os sentidos e para ambos os seeders/leechers.
Mas como através dos clientes torrent não dá para pesquisar globalmente, só mesmo partilhando o .torrent ou magnet. Podes sempre criar um blog/site e indexar publicamente no google, mas isso em termos de privacidade é um atentado.