Autor Tópico: 3 de junho: Colónias espaciais (Odisseia)  (Lido 374 vezes)

0 Membros e 1 visitante estão a ver este tópico.

Web-Man

  • Administrador
  • pt

  • Registo: 17 Dez, 2007
  • Membro: 329
  • Mensagens: 2 937
  • Tópicos: 607

  • : 4
  • : 40

  • Portugal
    • DocsPT
3 de junho: Colónias espaciais (Odisseia)
« em: Quarta, 01 de Junho, 2022 - 23h29 »


Citar
A recente descoberta de vastas quantidades de água nas calotas polares da Lua e Marte levou instituições públicas, como a NASA ou a Estação Espacial Europeia, e empresas privadas, como a SpaceX, a liderar projetos que permitirão a colonização desses meios longínquos e hostis num futuro próximo. Outra alternativa poderá ser uma futura colónia espacial orbital ou mesmo num asteroide próximo. Seja como for, não é tarefa nada fácil. Seria preciso habitats, instalações de armazenamento, áreas de trabalho, fontes de energia renováveis, produção de alimentos e equipamento.


 [odisseia]
Código: [Selecionar]
https://odisseia.pt/programas/colonias-espaciais/episodios/





Web-Man

  • Administrador
  • pt

  • Registo: 17 Dez, 2007
  • Membro: 329
  • Mensagens: 2 937
  • Tópicos: 607

  • : 4
  • : 40

  • Portugal
    • DocsPT
Re: 3 de junho: Colónias espaciais (Odisseia)
« Resposta #1 em: Quinta, 02 de Junho, 2022 - 11h58 »


Citar
Fora da Terra, há uma nova revolução industrial a acontecer, em setores como o turismo, a medicina, a indústria ou a exploração mineira, setores que procuram oportunidades além do nosso planeta, que nos permitam dar os primeiros passos para transformar o ser humano numa espécie interplanetária. 2021 foi um ponto de viragem nesta revolução, com várias agências de turismo espacial a efetuarem os primeiros voos espaciais comerciais. A progressiva redução dos custos, sobretudo devido ao desenvolvimento de foguetões reutilizáveis, é fator chave nesta democratização cada vez maior no acesso ao Espaço. Além da indústria das tecnologias reutilizáveis, muitas outras prosperam, como a da miniaturização de satélites, da produção de fibra ótica, que tira partido das condições de microgravidade e vácuo da Órbita Terrestre Baixa (LEO), empresas como as que desenvolvem veículos lunares, ou as do turismo espacial, que nos permitirá viajar a outros planetas em menos de uma hora.


 [odisseia]
Código: [Selecionar]
https://odisseia.pt/programas/homem-multiplanetario-viver-fora-da-terra/